Os veículos comerciais mais poluentes (sem motor Euro 6) têm agora de pagar uma taxa diária suplementar para acederem à zona central de Londres.

A medida acresce à taxa de congestionamento que já se aplicava a todos os veículos que pretendam circular na zona central da capital britânica.

A Transport for London, entidade encarregada da cobrança das portagens na cidade, estima que a nova medida afectará um volume diário de 44 mil veículos.

Agora, os furgões que não tenham motor Euro 6 têm de pagar 12,5 libras (14,5 euros) por dia e os camiões que não cumpram a mesma norma de emissões pagam 100 libras (116 euros) diários. A multa por incumprimento é de 160 libras (186 euros).

Apesar das críticas à medida por parte dos transportadores, a autarquia de Londres reclama uma redução de 45% nas emissões na cidade ao longo dos últimos dois anos.

A ideia é, de resto, ampliar a zona de acesso restrito em 2021.

 

 

Comments are closed.