A Norwegian, a terceira maior companhia low-cost da Europa, anunciou um investimento de 21,5 mil milhões de dólares – o maior de sempre no Velho Continente -, na compra de A320 Neo e B737 MAX.

Com a Airbus, a companhia norueguesa assinou um memorando de entendimento para o fornecimento de 122 A320 Neo. Com a Boeing, firmou uma encomenda de 100 B737 MAX. Os acordos prevêem ainda opções para outros 100 B737 MAX e 50 A320 Neo.

O administrador-delegado da Norwegian falou num “dia histórico”, certamente a pensar na sua própria companhia. Mas o dia é também “histórico” para os dois construtores: a Boeing garantiu a primeira encomenda europeia para o seu B737 MAX e a Airbus logrou furar o monopólio da rival norte-americana na frota da Norwegian.

Com mais esta encomenda, a companhia norueguesa eleva para 277 o número de aviões encomendados. Os agora contratados deverão começar a ser entregues a partir de 2016.

Actualmente a Norwegian voa com uma frota de cerca de 60 aeronaves, com as quais serve 110 destinos na Europa, Norte de África e Médio Oriente. Em 2010 transportou 13 milhões de passageiros.

Comments are closed.