A DP World registou resultados financeiros acima das expectativas em 2016. O lucro líquido foi de 1,13 mil milhões de dólares (1,05 mil milhões de euros), mais 28% do que os 883 milhões de dólares (821,1 milhões de euros) de 2015.

DP World - Jebel Ali

As receitas totais do operador portuário sediado no Dubai ascenderam a 4,16 mil milhões de dólares (3,87 mil milhões de euros). Aquele volume é 5% superior ao do ano anterior. A margem de EBITDA foi de 50%.

“É gratificante verificar que os nossos volumes continuaram a crescer acima do mercado, com os volumes brutos a crescer 3,2% versus uma previsão da Drewry de 1,3%. Isto é satisfatório, dados os desafios significativos que se colocaram ao nosso portfólio, e mais uma vez demonstra a natureza resiliente do nosso portfólio”, refere, citado pela assessoria de imprensa, o presidente e CEO da DP World, Ahmed Bin Sulayem.

Relativamente a 2017, o executivo revela confiança. “Embora seja de esperar outro ano desafiante para o comércio global, tivemos um começo de ano encorajador e esperamos continuar a registar crescimento de volumes acima do mercado”, indica.

As despesas de capital em 2017 deverão atingir 1,2 mil milhões de dólares (1,11 mil milhões de euros), com investimentos planeados para Jebel Ali (Emirados Árabes Unidos), Prince Rupert (Canadá), Berbera (Somália), Dakar (Senegal) e London Gateway (Reino Unido).

 

Comments are closed.