Depois de um ano de crise generalizada, a Lufthansa Cargo atingiu em 2010 um recorde das toneladas-km voadas, anunciou o novo presidente e CEO da empresa.

Karl Ulrich Garnadt referiu que a actividade da companhia, medida em FTKT, subiu 19,9% em termos homólogos, para um máximo de sempre nos 8,9 mil milhões.

Em termos de tonelagem, a Lufthansa Cargo transportou em 2010 1,79 milhões de toneladas de carga e correio, mais 18,2% do que no exercício anterior.

Ao longo do ano findo a companhia aumentou a oferta de capacidade em 7,6%. Para tal contribuiu a reactivação da frota de cargueiros MD11, mas também o início de operação de novos aviões da AeroLogic (a joint-venture com a DHL) e ainda a integração da capacidade de carga dos aviões da Austrian Airlines.

Apesar disso, e fruto do forte crescimento da actividade, a taxa de ocupação dos aviões, ou load factor, trepou 7,3 pontos percentuais até aos 70,9%.

Para 2011, a aposta de Karl Ulrich Garnadt é manter o ritmo, tentando tirar o máximo partido das oportunidades de crescimento.

Os comentários estão encerrados.