A Lufthansa Cargo acordou com a Boeing a compra de cinco B777 cargueiros para reforçar a sua frota até aqui constituída por 18 MD-11.

A intenção da compra, e de aumentar em 25% a capacidade da frota da companhia, foi anunciada em Março, aquando da apresentação dos resultados (recordes) de 2010. A preços de catálogo, a compra das cinco aeronaves representa um investimento de 1,35 mil milhões de dólares.

A preferência pelos B777 resulta dos bons resultados alcançados pela Aerologic, a JV entre a Lufthansa Cargo e a DHL, cuja frota é constituída exclusivamente por oito daqueles cargueiros.

Segundo os analistas e os responsáveis das companhias que com eles operam, o B777 distingue-se da concorrência pelo baixo consumo (fundamental em tempos de carestia do fuel), reduzido barulho (importante para as operações nocturnas), capacidade de carga e longo raio de acção.

A Lufthansa Cargo está a operar com toda a sua frota de 18 aviões cargueiros MD-11, aparelhos de grande capacidade mas antigos e, sobretudo, muito “gulosos” em termos de consumos.

A companhia germânica estima que já em 2012 a oferta de capacidade não será suficiente para responder à procura de carga aérea, um “gap” que se irá alargando até chegar aos 5% em 2014. Daí também a decisão de investir em novos aviões.

Comments are closed.