A Luís Simões vai assumir as operações logísticas da Bacardi em Espanha, a exemplo do que já sucedia em Portugal. A gestão será efectuada a partir das instalações do grupo luso em Alovera (Guadalajara).

Luís Simões

A decisão de externalização segue-se à opção da companhia de bebidas de colocar à venda as instalações de 55 mil metros quadrados que tem em Barcelona, onde engarrafava o rum Bacardi e produzia o vermute Martini, operações transferidas para a fábrica da multinacional em Itália.

Com a decisão de vender as instalações de Barcelona, a companhia passa a ter apenas uma presença comercial na Península Ibérica.Outras marcas emblemáticas da empresa são o gin Bombay Saphire, o whisky William Lawson’s e os vodkas Grey Goose e Eristoff.

O contrato com a Luís Simões produzirá efeito a partir de 1 de Abril próximo. Os 16 trabalhadores da Bacardi afectados pela operação de externalização serão integrados nos quadros do operador português.

Em Portugal, a Luís Simões já é a responsável pelas operações de armazenamento e transporte da Bacardi.

 

 

Os comentários estão encerrados.