O Centro de Operações Logísticas (COL) da Luís Simões em Guadalajara, terá uma nave automatizada. A inauguração acontecerá ainda este mês.

A Nave A, uma das três que compõem o novo complexo da Luís Simões na Puerta Centro – Cidade do Transporte, terá uma capacidade total de armazenamento de 86 500 lugares de paletes (75 500 em temperatura ambiente e 11 000 para produtos refrigerados) e 1 800 de picking na área de automatismo, refere a companhia, em comunicado.

O sistema automatizado permitirá gerir de forma simultânea um fluxo, em hora de ponta, de 540 paletes de entrada e 440 paletes de saída.

A área de picking está equipada com 10 transelevadores, suspensos a 20 metros de altura por cima das estanterias. Com isso liberta-se o solo para operações logísticas realizadas por operadores no nível mais baixo, circulação de empilhadores e RGVs de forma totalmente segura, combinando operações de armazenamento, picking e copacking, acrescenta a operadora.

O COL da Luís Simões em Guadalajara conta três naves, com uma superfície útil de armazenamento de 89 mil metros quadrados.

No âmbito do processo de instalação no complexo Puerta Centro – Cidade do Transporte, a Luís Simões teve a colaboração da Junta de Castilla la Mancha na selecção e formação dos mais de 100 colaboradores que  já foram contratados.

Através do Centro Nacional de Referência de Energia, Água e Gás de Guadalajara, a Junta ministrou cursos de formação especializados em áreas como a manipulação de alimentos, condução segura de empilhadores, radiofrequência, excel básico e avançado e atendimento ao cliente, sublinha a Luís Simões.

 

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*