Ainda este ano, será possível partilhar viagens nos táxis de Madrid, anunciaram as associações do sector, numa resposta às plataformas como a Uber ou a Cabify.

Os utilizadores de táxis em Madrid poderão partilhar serviços a partir de interfaces de transportes públicos e outros pontos de grande afluência no centro da cidade com destino à periferia.

As organizações representativas do sector em Madrid – Asociación Gremial de Auto Taxi de Madrid, Federación Profesional del Taxi, Élite Taxi Madrid e Asociación Madrileña del Taxi – assinaram o acordo sob a égide da Federação Espanhola de Táxis (Fedetaxi).

Este acordo foi atingido na passada quarta-feira, durante a reunião que os representantes associativos tiveram com o director-geral de Transportes da Comunidade de Madrid, Pablo Rodríguez Sardinero. Segundo os motoristas de táxi, a presidente daquela Comunidade, Cristina Cifuentes, reiterou em Fevereiro último o seu apoio ao sector.

 

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.