A partir de Abril, o BAF calculado pela Maersk Line deixará de variar apenas em função da oscilação do preço do petróleo, anunciou a companhia.

A operadora dinamarquesa não deu detalhes sobre a nova fórmula de cálculo, mas um responsável do marketing, citado pelo “Shipping Watch”, referiu que “durante anos, o modo de cálculo tinha em conta parâmetros pré-definidos em que o principal e mais volátil era, claro está, o custo do petróleo. No presente, estamos a procurar determinar as evoluções do conjunto de custos dependentes do preço do petróleo. Será mais preciso”.

Desde o início do ano que a Maersk Line deixou de actualizar mensalmente o BAF, justificando-o com o facto de as variações mensais serem mínimas. A nova periodicidade é trimestral, sendo que a companhia aposta em comunicar ao mercado o novo BAF com um mês de antecedência.

A revisão da fórmula de cálculo do BAF (ou Bunker Adjustement Factor) ocorre num momento em que o crude está num limiar baixo de cotação o que, à partida, poderia indiciar uma redução do BAF. E quando os fretes estão também eles pressionados em baixa…

Tags:

Comments are closed.