Oito companhias de transporte marítimo de contentores foram multadas na China por alegadas práticas ilegais na fixação de preços.

Maersk Line

As oito companhias visadas pelo Ministério dos Transportes de Pequim são a Maersk Line, a Cosco Container Lines, a Hanjin Shipping, a Zim Integrated Shipping, a Gold Star Line, a Pacific International Lines, a Nansung Shipping e a Cheng Lie Navigation.

O montante global das multas aplicadas ascende a 169,6 mil euros.

Segundo as autoridades chinesas, as companhias agora condenadas não reportaram as tarifas praticadas e/ou não cumpriram com as normas de estabelecimento das tarifas.

Pequim está apostado em combater alegadas práticas anti-concorrenciais no transporte marítimo. Em consequência, multou também recentemente vários operadores de transporte marítimo de automóveis.

Comments are closed.