A partir de agora, reservar e confirmar o envio de um contentor será tão fácil e rápido quanto marcar um voo de avião, promete a Maersk Line.

Maersk Line acelera confirmação de reservas de contentores

A Maersk Line acaba de lançar uma ferramenta de confirmação instantânea de reservas de contentores. Trata-se, de acordo com a companhia dinamarquesa, de uma estreia absoluta no sector.

Com a confirmação de reserva instantânea, os clientes da Maersk podem, agora, concluir as reservas em segundos, em comparação com os anteriores tempos de espera de até duas horas. Esta solução está disponível online (em versão beta para já) nos separadores de reserva dos sites da Maersk Line, SeaLand e Safmarine e através da Maersk App.

A funcionalidade cobre, nesta fase inicial, apenas a carga seca. Cargas refrigeradas, cargas perigosas (IMDG) e parques de contentores deverão ser adicionadas no próximo ano.

“Estamos a tornar o processo de reserva de um contentor tão simples como o de reserva de um bilhete de avião. A confirmação imediata da reserva torna mais rápido, fácil e simples para os nossos clientes interagirem com a Maersk. É um marco para toda a indústria e um exemplo concreto de como estamos a dar vida à nossa estratégia quando melhoramos a experiência do cliente através de ofertas digitais”, afirma, citado em comunicado, Vincent Clerc, director comercial da A.P. Moller-Maersk.

A iniciativa da Maersk Line será boa para os clientes mas também para a própria companhia. Ao agilizar o processo de reservas, evitam-se adiamentos nos embarques das cargas, cujo tratamento representa milhares de e-mails e telefonemas com os clientes por semana.

Hapag-Lloyd já “prometia” 15 segundos

A Maersk indica que é a primeira companhia do sector do transporte marítimo de contentores com uma ferramenta deste género, mas outros concorrentes já têm ofertas semelhantes.

É o caso da Hapag-Lloyd. Lançou, em Agosto último, o Quick Quotes, uma ferramenta de cotação online de fretes que também permite reservar contentores em cerca de 15 segundos, segundo a companhia alemã.

 

Os comentários estão encerrados.