A Maersk Line poderá avançar para a compra da Hanjin Shipping e da Hyundai Merchant Marine (HMM), avança a “Bloomberg” citando um analista da Jefferies.

HMM

 

David Kerstens sustenta a sua opinião dizendo que a Maersk Line é, muito provavelmente, a única companhia com músculo financeiro para realizar uma tal operação, e que precisa de crescer para manter a distância para os seus “perseguidores”.

Por outro lado, lembra o analista da Jefferies, as opções de compras são relativamente limitadas, uma vez que a maioria das companhias já está comprometida com alianças ou são controladas por famílias ou governos.

A Hanjin Shipping está à beira da liquidação e a HMM estará a tentar comprar os seus principais activos. A Hanjin Shipping deveria integrar a The Alliance, enquanto a HMM está ainda a negociar  a entrada na 2M.

A HMM já chegou a ser referida como estando na mira da Maersk Line para uma possível aquisição.

A companhia dinamarquesa, número um mundial, quer continuar a crescer e não esconde a intenção de fazê-lo por aquisições.

A HMM detém uma quota de mercado de 2,1% no transporte marítimo de contentores, com uma capacidade de 438 mil TEU, segundo a Alphaliner.

 

 

Comments are closed.