O movimento de contentores nos principais portos mundiais decresceu em Setembro relativamente a Agosto, tornando evidente que o ritmo de recuperação da actividade está a abrandar.

Depois do pico atingido nos meses de Julho e Agosto, os nove maiores portos mundiais de contentores recuaram 6% em Setembro, sinalizando, de novo, que os tempos de forte crescimento registado no primeiro semestre do ano já pertencem ao passado.

Nos primeiros nove meses do ano, a movimentação de contentores a nível mundial deverá ter crescido 15%. No caso dos nove portos considerados na analise da Alphaliner, o aumento ter-se-á ficado pelos 11,8%, quando no final de Agosto estava acima dos 19%.

A partir daqui, os analistas estimam que a tendência permaneça flat nos próximos três a quatro meses, com o aproximar da época da Inverno.

Considerando a performance relativa de cada um dos portos, Xangai destaca-se por continuar acima de Singapura pelo sexto mês consecutivo. Com esta performance, tudo indica que o porto chinês ascenderá à liderança mundial.

Singapura atingiu em Julho o seu melhor resultado mensal do ano (e, na verdade, o melhor desde Outubro de 2008), mas desde então sofreu uma queda pronunciada.

Em rápido ascendente desde Fevereiro tem estado o porto de Shenzhen (inclusivamente, ultrapassou Hong Kong nos últimos meses), mas também ele não escapou à quebra de Setembro.

Os portos de Qindgao e de Guangzhou são os únicos considerados pela Alphaliner a apresentarem em Setembro resultados semelhantes aos de Agosto (na prática, mantêm sensivelmente a performance mensal desde Junho) mas são os últimos dos nove grandes.

Os comentários estão encerrados.