540 dias é o prazo para a construção do troço Évora Norte – Freixo, da nova Linha de Évora, que integrará o Sines – Caia. A obra foi hoje consignada.

Em causa está a construção de 20,5 quilómetros de linha nova do futuro Corredor Internacional Sul (Sines – Caia), num investimento de 46,6 milhões de euros (co-financiado a 40% pelo CEF). A empreitada está a cargo do consórcio Fergrupo, COMSA e Constructora San Jose.

De acordo com a Infraestruturas de Portugal (IP), a obra contempla, entre outros trabalhos, a criação de nova plataforma de via férrea, a execução de uma estação técnica e a construção de 13 obras de arte correntes e seis especiais, nomeadamente pontes ferroviárias.

“A nova plataforma de via férrea e as obras de arte estarão preparadas para uma futura duplicação da via”, realça a IP no comunicado emitido a propósito.

A partir daqui estão oficialmente em obra os três novos troços da Linha de Évora, numa extensão total de 80 quilómetros de via integralmente nova, algo que há muito não se via, como sempre salienta a IP. A nova via ferroviária fará a ligação à Linha do Leste e é constituída pelos subtroços Évora Norte/Freixo (20,5 quilómetros), Freixo/Alandroal (20,5 quilómetros) e Alandroal/Elvas — Linha do Leste (38,5 quilómetros).

 

Já esta semana, a IP anunciara a conclusão iminente da modernização dos 11 quilómetros da Linha do Leste entre a estação de Elvas e Caia (fronteira com Espanha).

Comments are closed.