A UTE Tilo Mérida, que junta Medway e Renfe, inicia hoje as operações na plataforma logística de San Lázaro, em Mérida, Espanha, com uma ligação a Sines.

centro-logistico-san-lazaro-merida

No imediato, serão realizados dois comboios por semana, ao serviço da MSC, para o transporte de produtos hortofrutícolas produzidos na região da Extremadura, para expedição a partir do porto de Sines.

Prevê-se, assim, um tráfego mensal de mil TEU.

Mas o objectivo é ir mais longe e lançar serviços ferroviários para o interior de Espanha e para portos do país vizinho.

A portuguesa Medway e a espahola Renfe venceram, juntas, em Setembro passado, o concurso lançado pela Adif para a concessão da exploração da plataforma de San Lázaro por um prazo de cinco anos, prorrogável por dois.

O terminal de Mérida dispõe de três linhas e de uma área de 21 500 metros quadrados para usos logísticos.

A Medway tem por objectivo tornar-se líder ibérica no transporte ferroviário de mercadorias. Nesse sentido, adquiriu recentemente locomotivas diesel interoperáveis e propõe-se replicar em Espanha a “parceria” com a MSC que tão bons resultados tem dado em Portugal.

 

Tags:

This article has 1 comment

  1. Terminal XXI de Sines precisa crescer muito porque tem concorrência mesmo ao lado, Tanger movimenta o dobro dos contentores e Ageciras o triplo já para não falar em Valência também triplica os TEU de Sines !!!