O primeiro comboio partiu hoje de Mérida. Até ao final do ano, a Medway e a Renfe projectam transportar 20 mil toneladas de produtos da Extremadura espanhola para serem exportados pelos portos de Lisboa, Setúbal e Sines.

San Lazaro - Merida

Nesta primeira viagem, a composição, de 22 vagões e 460 metros de comprimento, transporta 1 190 toneladas, em particular de concentrado de tomate e vidro. Mas o objectivo e diversificar os tráfegos, nomeadamente assegurando o encaminhamento de produtos alimentares congelados com destino à exportação.

O comboio chegou de Portugal ao terminal de Mérida na terça-feira, foi carregado ontem e partiu hoje à primeira hora do dia.

Para já, a tracção é assegurada pela Renfe em território espanhol e pela Medway do lado de cá da fronteira. Mas a prazo será uma das Euro4000 da operadora portuguesa a fazer todo o percurso, evitando assim a mudança de máquina.

A Medway e a Renfe ganharam, juntas, a concessão do terminal de San Lázaro, em Mérida, por um período de cinco anos (prorrogável por dois). Este é o primeiro serviço lançado pela dupla. Arranca com duas ligações semanais, mas as operadoras querem passar rapidamente para três comboios e chegar aos seis.

No futuro, pretende-se também alargar a cobertura a outras localidades em Espanha e em Portugal.

O Terminal Ferroviário de Mercadorias de Mérida tem aproximadamente 21 000 m2, três linhas, uma de 360 metros e duas de 260 metros. O espaço conta ainda com um edifício de escritórios com 180 m2.

 

 

Tags:

Comments are closed.