A circulação dos mega-camiões em Espanha, aprovada recentemente pelo Governo de Madrid, estará sujeita não a uma, não a duas mas a três autorizações, caso o trajecto a percorrer cruze a Catalunha, o País Basco e o resto do território do país vizinho.

Megatruck4-1024x639

Espanha pode bem ser una com todas as suas Espanhas, mas quando se trata da circulação dos mega-camiões os transportadores terão mesmo de cumprir com as especificidades da regulamentação impostas por algumas das autonomias, no caso a Catalunha e o País Basco.

Na prática, a tramitação das autorizações de circulação dos mega-camiões está na dependência da DGT, para a generalidade do território, da Transit de Cataluña para aquela região autonómica, e da Trafic del Pais Basco para aquela autonomia. Até ao momento, apenas a DGT publicou as necessárias instruções técnicas que regulamentam a lei geral.

Os transportadores que operem a nível nacional terão, pois, de pedir três autorizações e cumprir com as especificidades “regionais”. Para facilitar o processo e prevenir investimentos desajustados, está prevista a possibilidade dos transportadores simularem online os pedidos de autorizações.

Por exemplo, no caso da Catalunha, para circularem os mega-camiões terão de ter instaladas câmaras que cubram, quer as laterais, quer a parte traseira do veículo.

No caso do País Basco, a regulamentação deverá contemplar restrições horárias à circulação dos mega-camiões em determinados troços.

Certo é que, na Catalunha como no País Basco como no resto da Espanha, os transportadores terão de comunicar previamente as viagens que pretendem realizar. Se atravessarem os três territórios, então haverá que multiplicar tudo por três.

 

 

Comments are closed.