Desde o início do ano, o porto de Sines movimentou cerca de 18,8 milhões de toneladas, 3% mais do que no período homólogo de 2009, anunciou a APS.

O resultado só não é melhor, diz a autoridade portuária liderada por Lídia Sequeira, porque as cargas de carvão recuaram 2,5 milhões de toneladas no mesmo período. Em consequência, a movimentação de granéis sólidos decaiu 57%, para a casa dos 1,9 milhões de toneladas.

Em sentido contrário, a movimentação de carga geral avançou 52%, tendo passado de 2,2 milhões de toneladas, há um ano, para os 3,3 milhões de toneladas, agora. Um crescimento que tem correspondência no movimento de contentores, que subiu 60%.

Os granéis líquidos, a principal carga movimentada em Sines, atingiram os 13,6 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 16% relativamente aos primeiros nove meses do ano transacto.

Entre Janeiro e Setembro, Sines operou 1 212 navios, um aumento de 18% que terá ainda maior expressão em termos de tonelagem, uma vez que o porto tem sido demandado por navios de maiores dimensões, como são os casos dos megacarriers da MSC.

Comments are closed.