O Mercedes Atego foi eleito o Camião Internacional do Ano 2011, superando a concorrência do Volvo FM/FMX e do Scania V8.

O prémio foi entregue no decorrer do 63.º IAA – Salão de Veículos Comerciais, que decorre em Hannover, na Alemanha.

O júri – constituído por jornalistas de 23 media especializados europeus, entre os quais Portugal –  premiou o equilíbrio da nova gama média Atego (que incorpora muitas das capacidades e valências dos Axor e Actros da marca) e também a oferta de um modelo híbrido.

Neste particular, os jurados sublinham o facto de a variante híbrida do Atego permitir reduções de consumos na casa dos 10% a 15%, com a correspondente baixa de emissões de CO2. O Atego Hybrid oferece como opção um sistema stop-start, que desliga o motor em caso de imobilizações prolongadas.

O júri valorizou ainda a integração da tecnologia híbrida na cadeia cinemática dos Atego convencionais, o que favoreceu a adaptação da condução.

O Mercedes Atego recolheu 127 votos do júri. O Volvo FM/FMX ficou em segundo lugar, com 82 votos, e o Scania V8 em terceiro, com 45.

A vitória do Mercedes Atego agora conseguida repete a proeza da primeira série, vencedora do troféu Camião Internacional do Ano em 1999.

Comments are closed.