A Mercedes entregou 93 autocarros híbridos com motorização eléctrica-gás natural à holandesa EBS, para operarem na  área metropolitana de Roterdão-Haia.

 

A frota agora entregue é composta por 83 Citaro NGT (Natural Gas Technology) híbridos simples e dez Citaro G NGT híbridos articulados.

O Citaro NGT híbrido junta o motor Mercedes-Benz M 936 G com 7,7 litros a gás (com 302 cv e 1 200 Nm de binário máximo) a um propulsor eléctrico de 14 kW e torque de 220 Nm. A marca alemã fala numa redução de consumos de até 8,5%.

A energia para o motor eléctrico é recuperada durante as fases de travagem e travagem por inércia (overrun). Esta é armazenada em capacitores de camada dupla (os chamados supercaps).

“Quando usado em conjunto com biogás ou biometano, o Citaro NGT híbrido é quase neutro em termos de CO2”, referem desde o grupo Daimler.

O uso do módulo híbrido também reduz os níveis de ruído do motor a gás natural no arranque.

 

 

 

Comments are closed.