A Mercedes é a marca líder no mercado europeu de pesados de mercadorias de +16 toneladas, com 21 136 veículos vendidos nos primeiros oito meses do ano.

Os dados foram hoje divulgados pela ACEA, a associação europeia de construtores automóveis e mostram a supremacia da marca germânica, com uma quota de mercado de 20,2% na Europa Ocidental (UE-27 mais EFTA).

Entre Janeiro e Agosto deste ano foram vendidos na Europa Ocidental 104 753 pesados de mercadorias de +16 t.

Atrás da Mercedes, no ranking das marcas mais vendidas, surge a DAF, com 16 992 veículos e uma quota de mercado de 16,2%. A MAN, outra marca alemã, é a terceira, com uma quota de mercado de 15,4%, correspondente a 16 127 veículos matriculados.

A Volvo e a Scania estão empatadas no quarto posto do ranking europeu, ambas com uma quota de mercado de 13,8%. A Volvo leva, porém, uma ligeiríssima vantagem, uma vez que tem matriculados 14 490 veículos, contra os 14 428 da sua rival sueca.

A Renault Trucks surge neste ranking como o maior dos mais pequenos construtores, com uma quota de mercado de 9,7%, relativa às 10 156 unidades vendidas. À frente da Iveco, que matriculou 9 295 veículos desde Janeiro e detém, por isso, 8,9% do mercado europeu ocidental de camiões (+16 t).

Comments are closed.