A Mercedes está a usar camiões Axor semi-autónomos na colheita de cana-de-açúcar no Brasil.

No âmbito do projecto, que faz parte de uma parceria da filial da Daimler com o produtor brasileiro GrunnerTech, a Mercedes-Benz do Brasil configurou 18 camiões Axor 3131 para a recolha automatizada de cana-de-açúcar.

Dois desses camiões automatizados já estão ao serviço do cliente no AgroCana Caiana, do estado de São Paulo.

O Axor está equipado com todos os componentes tecnológicos necessários para a condução automatizada do Nível 2: o veículo controla automaticamente a velocidade e a proximidade, bem como a orientação longitudinal e lateral. Embora o motorista mantenha sempre o controlo do camião, as suas mãos não precisam estar permanentemente no volante. A velocidade de recolha automatizada é de 6 km/h.

Além das funções de condução semi-autónoma, estes Axor têm um eixo dianteiro adicional, pneus de “elevada flutuação” para uso agrícola e antenas para receber sinais de satélite.

O investimento neste camião pode ser recuperado, de acordo com a Daimler. Pelas contas da marca, o veículo, que pode operar durante 24 horas, poupa 50% do combustível, 40% dos lubrificantes e 30% dos custos de manutenção.

 

 

Comments are closed.