Nos últimos dois anos, a frota mundial de porta-contentores cresceu 2,6 milhões de TEU. Desses, 1,5 milhões foram colocados no tráfego Ásia-Europa, sustenta a Braemar Seascope.

Num estudo publicado na American Shipper, aquele shipbroker refere que só em 2011 “59 porta-contentores pós-Panamax, com uma capacidade média de 11 500 TEU, entraram no Ásia-Europa, acrescentando 680 mil TEU ao mercado.

Além disso, 15 porta-contentores de 8 400 TEU de capacidade média, foram colocados a operar no Ásia-Mediterrâneo e no Ásia-Médio Oriente, num total de 125 mil TEU de capacidade “fresca”, acrescentou.

Também o tráfego Ásia-Costa Leste da América do Sul recebeu um forte input de capacidade nos últimos dois anos, com a entrada ao serviço de 40 novos porta-contentores, entre os quais navios de mais de 7 000 TEU reefer da Maersk Line e da Hamburg Sud.

No Ásia-West África foram colocados, no ano passado, 11 novos porta-contentores, entre eles os primeiros de uma nova série de 4 500 TEU de capacidade, referiu ainda a Braemar Seascope.

Para os próximos três anos, os analistas da Braemar antecipam a entrada em operação do equivalente a mais cerca de quatro milhões de TEU, incluindo 150 porta-contentores de +10 000 TEU.

 

Comments are closed.