A Metro do Porto prorrogou até 6 de Outubro o prazo para apresentação de propostas ao concurso para a subconcessão do sistema por sete anos.

metro-do-porto

“O prazo para entrega de propostas do concurso público para a subconcessão da operação e manutenção da rede do Metro do Porto foi prorrogado por 11 dias, devido à necessidade de prestação de esclarecimentos aos potenciais concorrentes e de acordo com o previsto no programa do concurso”, justificou a empresa à “Lusa”.

O anúncio do concurso, publicado no Diário da República de 23 de Junho, previa o dia de ontem como o último para apresentação de propostas.

O preço base fixado é 221 milhões de euros e o critério de adjudicação é o “preço mais baixo”.

O concurso “compreende toda a operação regular do Metro – área onde se inclui a segurança e apoio aos clientes -, bem com as grandes revisões da frota de material circulante, as grandes manutenções de sistemas técnicos e do sistema de bilhética”, indica a Metro.

A empresa ou consórcio que vier a ganhar este concurso receberá a subconcessão por um período de sete anos, entre Abril de 2018 e Abril de 2025.

A operação da Metro do Porto está concessionada desde 2010 à ViaPorto (formada pela Barraqueiro, Arriva, Keolis e Manvia) e o contrato cessa em Abril do próximo ano.

» Concessão do Metro do Porto vale 221 milhões

 

Comments are closed.