A Metro do Porto vai receber um financiamento de cerca de 100 milhões de euros para as empreitadas da Linha de Gondomar e da extensão da Linha Amarela em V.N. Gaia.

A decisão foi ontem tomada pela unidade de gestão do Programa Operacional Regional do Norte “ON.2 – O Novo Norte”.

A Linha de Gondomar receberá um co-financiamento de 79 milhões de euros, enquanto a extensão da Linha Amarela entre S. João de Deus e Santo Ovídeo receberá 17,9 milhões de euros.

A Linha de Gondomar, entre o estádio do Dragão (Porto) e a Venda Nova (Gondomar), numa extensão de sete quilómetros, representa um investimento global de 135 milhões de euros. A extensão da Linha Amarela acrescenta apenas 600 metros mas o custo global ascende a 31 milhões de euros por força da intervenção urbanística e do reordenamento do tráfego que é preciso fazer naquela zona sensível de V.N. Gaia.

Em aberto continua o financiamento da segunda fase da rede, que implicará um investimento de mais de mil milhões de euros. A CCDR Norte já pediu ao Governo que permita candidatar o projecto no âmbito do Eixo 1 do Programa Operacional de Valorização do Território (Redes e Equipamentos Estruturantes Nacionais de Transportes), compensando de certa forma o adiamento da construção das linhas de Alta Velocidade que deverão servir a Invicta.

Os comentários estão encerrados.