Depois de sucessivos atrasos, o Metropolitano de Lisboa inaugura depois de amanhã, quarta-feira, a extensão da Linha Azul até Reboleira-Este / Amadora.

Metropolitano de Lisboa

São apenas 937 metros de linha e uma estação mas a operadora promete uma quase-revolução nas acessibilidades à Amadora e no sistema de transportes da AML.

Com esta extensão, é criado um novo interface multimodal, reunindo metro, autocarros, comboio, táxis, ciclovia,… Particularmente importante será a ligação com a Linha de Sintra. A partir da Reboleira, e usando o metro, estar-se-á a 19 minutos do Marquês de Pombal ou a 24 minutos da Baixa-Chiado, sublinha a operadora.

A obra custou cerca de 60 milhões de euros, dos quais cerca de 43 milhões provenientes do Fundo de Coesão. O Metropolitano de Lisboa prevê transportar ali cerca de sete milhões de passageiros/ano num ano cruzeiro (a partir de 2020). E prevê também ajudar a poupar três mil toneladas de emissões de CO2 anuais.

A partir daqui, a Linha Azul passa a contar 13,7 quilómetros e 18 estações, entre a Reboleira e Santa Apolónia. Já a rede do Metropolitano cresce para 44,2 km e 56 estações.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.