À terceira foi de vez. A ministra do Mar reuniu hoje, em Lisboa, com representantes do SEAL e a administração do Porto de Leixões.

Ministra juntou em Lisboa SEAL e APDL

A reunião esteve para acontecer na passada sexta-feira, em Leixões, foi depois transferida para Lisboa e acabou por se realizar apenas hoje. Ana Paula Vitorino juntou à mesma mesa a administração da APDL e dirigentes do SEAL para debaterem as alegadas situações de discriminação laboral no porto nortenho.

A nota divulgada pelo Ministério do Mar na sua página do Facebook não adianta nada sobre o conteúdo da reunião.

Recorde-se, porém, que o SEAL tem acusado a APDL de ser conivente com as alegadas práticas anti-sindicais e perseguições aos seus filiados da parte dos operadores portuários de Leixões.

Por outro lado, ainda na sexta-feira passada o SEAL criticou a ministra do Mar por ter sido incapaz de promover a reunião que se teria proposto com a presença dos dirigentes da APDL, do próprio SEAL, do sindicato dos estivadores de Leixões e do sindicato dos trabalhadores das administrações portuárias.

Recorde-se ainda que quando anunciou as reuniões em Leixões Ana Paula Vitorino referiu também a Comunidade Portuária. Mas esse encontro ainda não se realizou.

A ministra tem agendada para a próxima quarta-feira uma visita aos terminais do porto nortenho.

 

Os comentários estão encerrados.