A Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique (CFM) vai iniciar em 2016 a construção de um porto seco no distrito de Chimbunila, na província do Niassa, em substituição do actualmente existente na estação de Lichinga, informou o governador da província.

Moçambique - Linha de Machipanda

Arlindo Chilundo, citado pela “Rádio Moçambique”, disse que o futuro porto seco distará 14 quilómetros de Lichinga. Ocupará uma área de 100 hectares e disporá de armazéns, terminal de contentores e parque de camiões, além de outras infra-estruturas.

Os comboios deixaram de ligar Cuamba a Lichinga em 2010, devido ao estado de degradação da via, situação que agrava o custo de vida na capital provincial do Niassa devido ao mau estado da estrada que liga os dois agregados populacionais.

O governador Arlindo Chilundo adiantou que foram já reconstruídos mais de 80 quilómetros da linha de caminho-de-ferro que liga Cuamba (antiga Nova Freixo) a Lichinga, com uma extensão total de 250 quilómetros, num empreendimento que está a ser financiado pelos Emirados Árabes Unidos.

Tags:

Comments are closed.