Moçambique pretende construir uma linha de caminho-de-ferro de Norte a Sul do país, com uma extensão de 3 800 quilómetros e um custo estimado em 20 mil milhões de dólares.

Moçambique - Linha de Machipanda

O projecto foi ontem apresentado a investidores, no decurso do Forum de Infra-estruturas de Tete, que juntou naquela cidade os ministros dos Transportes e Comunicações, dos Recursos Minerais e Energia, das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos e da Agricultura e Segurança Alimentar.

A nova linha, que terá ainda de ser estudada do ponto de vista da viabilidade económica, é uma velha aspiração das autoridades moçambicanas, que vêem nela a possibilidade de cria uma verdadeira rede ferroviária nacional, mediante a ligação das linhas já existentes, e que correm do interior do país para o litoral.

No encontro com investidores e entidades financeiras internacionais foram apresentados outros projectos que constam do Programa Quinquenal 2015/2019, entre eles o da cidade aeroportuária de Nacala.

Comments are closed.