O governo de Moçambique está a preparar o enquadramento jurídico-legal para atrair o sector privado para a navegação de cabotagem, afirmou o ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita.Moçambique - Porto de Nacala

 

O ministro mencionou algumas das vantagens da cabotagem, como a redução dos preços de transporte de mercadorias e consequente baixa de preços de produtos no destino, bem como a manutenção da coesão nacional, através da ligação norte-sul, que actualmente se faz apenas por estrada.

Carlos Mesquita, citado pelo “Notícias”, de Maputo, disse que outra das vantagens da cabotagem é o aumento da produtividade, uma vez que os produtores passarão a ter acesso mais facilitado aos mercados potenciais.

O ministro, que falava num encontro de negócios entre Moçambique e o Canadá, afirmou que “se tudo correr bem, até ao final de Março estaremos em altura de apresentar ao Conselho de Ministros um documento para efeitos de apreciação e aprovação.”

 

Comments are closed.