Em 2021, a e5Lab, participada pela MOL, deverá lançar o primeiro navio-tanque eléctrico, zero emissões, do mundo.

A MOL juntou-se à Asahi Tanker, à Mitsubishi Corp e à Exeno Yamamizu a fundaram a e5 Lab, que consolidará as tecnologias, o know-how e as redes dos quatro accionistas para desenvolverem navios eléctricos.

O primeiro objectivo da e5 Lab é construir, até meados de 2021, o primeiro navio-tanque zero emissões do mundo. A embarcação será alimentada por baterias de grande capacidade e operará na Baía de Tóquio.

Ao mesmo tempo, a nova joint-venture desenvolverá uma plataforma para fornecer uma linha de serviços que aproveite os navios eléctricos e outras tecnologias de ponta. O objectivo é alavancar essa plataforma para incentivar o crescimento sustentável e o desenvolvimento dentro da indústria naval.

A e5 Lab promoverá, além disso, a electrificação de embarcações costeiras e oceânicas e reunirá tecnologias, recursos humanos e know-how operacional para atingir a meta de 50% de redução de emissões de gases de efeito estufa da IMO até 2025, em comparação com 2008.

Comments are closed.