O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e o Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIIM) promovem no sábado o 1.º Congresso Nacional.

SNMMP e SIIM, juntamente com a Fectrans, estão a negociar com a ANTRAM a revisão do CCT dos motoristas.  Para hoje estava marcada mais uma reunião negocial, mas foi adiada para dia 15, a pedido do SNMMP, porque o sindicato achou que devia colocar à apreciação dos sócios algumas das matérias que estão na mesa de negociações, justificou à “Lusa” o presidente Francisco São Bento.

O objectivo do congresso de sábado é, segundo o sindicalista, esclarecer os motoristas sobre as negociações em curso e ouvir as suas opiniões.

“As negociações estão ainda numa fase inicial, pois o processo tem sido muito moroso, contrariamente ao que nós gostaríamos”, disse o presidente do SNMMP, reconhecendo a existência de algumas divergências.

No entanto, o congresso de sábado não se destina apenas aos sócios dos dois sindicatos promotores; “é aberto a todos, pois o que está em discussão diz respeito a todos”.

Segundo o dirigente, existem em Portugal cerca de 50 000 motoristas de pesados de mercadorias, 900 dos quais a transportar mercadorias perigosas.

Comments are closed.