A partir de 4 de Abril, um comboio da Medway, carregado com contentores da MSC, ligará diariamente o porto seco de Sevilha a Sines.

O anúncio é feito pela MSC. O novo serviço terá uma capacidade de mais de 100 TEU.

A nova oferta reduzirá os tempos de trânsito das mercadorias entre as zonas sul e ocidental de Espanha e o Norte da Europa e continente americano, à exportação como à importação.

Em Espanha, os carregadores poderão fazer o despacho aduaneiro das mercadorias no porto seco – Puerto de Sevilla – antes de as embarcarem para Sines.

A operação ferroviária será assegurada pela Medway (ex-CP Carga), detida pela MSC, e que já está habilitada e a operar no país vizinho.

Confirma-se, assim, a cada passo, a estratégia anunciada desde a primeira hora por Carlos Vasconcelos, o líder da MSC em Portugal e da Medway, de replicar em Espanha a parceria existente do lado de cá da fronteira entre a companhia de navegação e a operadora ferroviária.

Que a estratégia é interessante prova-o, se necessário, a anunciada intenção da Puertos del Estado de promover em Espanha uma aproximação entre a Renfe Mercancias e um armador global.

 

Tags:

Este artigo tem1 comentário

  1. Parabéns a Sines graças à Medway e seu presidente e administrador histórico que não para de somar vitórias para o porto alentejano e para Portugal ao contrário do governo das esquerdas e da ministra do mar “jamais”