A MSC prossegue a sua estratégia de crescimento na ferrovia na Península Ibérica, agora com o controlo de dois terminais na região de Madrid.

A MSC assumiu o controlo da Laumar Terminales Ferroviárias, que detém a concessão da exploração de dois terminais da Adif, em Torrejón de Ardoz e Vicálvaro.

Fundada em 2017, precisamente para gerir aquelas duas concessões, a Laumar Terminales era até aqui uma filial da Laumar Cargo, operador logístico de Valença, parceiro da MSC e da Medway nos tráfegos ferroviários de mercadorias entre Valência e Madrid e Córdoba e Valência.

Com a integração dos dois terminais madrilenos, a MSC – e com ela a Medway – reforçam a sua rede de terminais na Península, para a prestação de serviços logísticos e de transporte ferroviário de mercadorias, em complemento à actividade de transporte marítimo de contentores, que cobre os mais importantes portos ibéricos.

Recorde-se que no início do ano a Medway anunciou a construção em Lousado, Famalicão, de um novo terminal ferroviário e porto seco (apresentado como o maior da Península Ibérica) e , mais recentemente, fechou o acordo para adquirir o TVT, em Riachos.

 

Comments are closed.