A MSC vai investir mil milhões de euros no novo terminal de contentores do porto de Valência. Mais do que previa a própria autoridade.

Actual terminal da MSC em Valência será desactivado

A MSC irá investir mais e mais depressa, uma vez que prevê concluir o terminal em 2026, quando a administração portuária apontava para 2036.

A MSC, através da TIL, a subsidiária do grupo para os terminais de contentores, foi a única a apresentar-se ao concurso para a concessão do novo terminal de contentores de Valência.

A proposta da companhia, agora conhecida em detalhe, prevê o início dos trabalhos para 2022, quando tomará posse dos 140 hectares destinados à infra-estrutura. AS obras desenrolar-ser-ão em três fases consecutivas.

Quando terminadas, o novo terminal disporá de uma frente de cais de dois quilómetros. O actual terminal do grupo (muito mais pequeno do que as futuras instalações) deixará de operar quando o novo entrar em funcionamento.

A MSC estima que em 2028 o novo terminal movimentará, no mínimo, 1,9 milhões de TEU/ano. Sendo certo que parte desse tráfego será transferido da actual infra-estrutura.

 

This article has 1 comment

  1. luis pereira

    As vergonhas da MINISTRA DO MAR ANA PAULA VITORINO não terminam, todos os dias + 1 vergonha, Sines não recebe investimento nem da PSA que é a concessionária do terminal XXI nem da MSC, sff vá embora a Senhora só desgoverna o sector do Mar !!!