A partir de Outubro, a MSC Portugal disporá de novas instalações em Matosinhos, nas proximidades do porto de Leixões. A primeira pedra foi hoje lançada.

“A realização de um sonho muito antigo”. Foi assim que Carlos Vasconcelos, administrador da empresa, se referiu ao arranque formal da construção dos novos escritórios a Norte.

O edifício, que representará um investimento de 3,5 milhões de euros, albergará os cerca de 80 funcionários que integrarão a equipa da MSC Portugal junto do porto de Leixões. No total, o grupo nacional emprega 210 colaboradores, em Portugal e em Espanha.

Em Leixões, a MSC foi no ano passado a quarta maior companhia na movimentação de contentores. A companhia helvética opera no porto nortenho escalas directas do serviço entre a Península e o Norte da Europa e os serviços de feedering para os hub, entre eles Sines.

Ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS, Carlos Vasconcelos justificou o investimento agora lançado com o peso de “cerca de 40%” que Leixões tem na actividade global da MSC Portugal.

O plano de investimentos da empresa para este ano contempla ainda a construção de escritórios próprios (com cerca de 800 m2) em Sines, junto ao Terminal XXI. O arranque das obras aguarda apenas a autorização camarária, sendo possível concluir os trabalhos ainda no decorrer deste ano, acrescentou Carlos Vasconcelos.

No ano passado a MSC Portugal superou pela primeira vez a barreira do milhão de TEU movimentados nos portos nacionais (entre tráfego local e de transhipment), com isso reforçando a liderança de mercado que alcançou em 2006.

 

 

 

Comments are closed.