Os portos de Pemba e Quelimane integram a partir de agora o network da MSC em Moçambique, anunciou a companhia.

As escalas naqueles dois portos acontecerão a cada duas semanas, com os navios a seguirem do porto de Nacala, apurou o TRANSPORTES & NEGÓCIOS junto da MSC Portugal.

Poucos são os armadores que servem os portos de Pemba e Quelimane pelo que, até agora, o normal era as cargas a eles destinadas, ou deles provenientes, serem encaminhadas por estrada até Nacala ou Beira.

Com a inclusão de Pemba e Quelimane, passam a ser cinco os portos moçambicanos servidos pela MSC. Para além daqueles, há ainda a capital Maputo, a Beira e Nacala.

Desde Março, a MSC oferece ao mercado português um serviço directo de Sines para a África do Sul, em cujos portos se processa o transbordo das cargas destinadas a Moçambique.

Comments are closed.