Mário Ferreira criou a Mystic Cruises USA e destinou-lhe quatro navios de cruzeiro. O primeiro começará a operar no segundo trimestre de 2021.

Ainda agora foi baptizado o primeiro e Mário Ferreira já tem planos para duplicar, de três para seis, o número de navios de cruzeiros de expedição a serem construídos nos estaleiros da West Sea, em Viana do Castelo. Os dois primeiros serão fretados a operadores externos. Mas os quatro restantes serão operados pela filial norte-americana da Mystic Cruises.

A novidade é avançada por Alberto Aliberti, o recém-nomeado presidente da Mystic Cruises USA, em declarações à “Cruise Industry News”.

A subsidiária norte-americana está sedeada na Florida e prevê contratar mais de 20 colaboradores no primeiro ano e chegar a cerca de 60.

A nova empresa / marca assumirá a comercialização dos quatro navios. O primeiro, o World Navigator, está previsto para o segundo trimestre de 2021. Seguir-se-ão outros três: dois em 2022 e um em 2023.

Tal como o World Explorer, recentemente baptizados, serão navios com uma capacidade de 200 passageiros, aptos para viagens de expedição. “O produto é expedição, mas o mundo não é apenas expedição, 365 dias por ano”, refere Alberto Aliberti.

Os quatro navios operarão à escala global, com a Mystic Cruises USA apostada em lotá-los com turistas da América do Norte, o maior mercado mundial de cruzeiros.

Os navios serão construídos no estaleiro da WestSea, em Viana do Castelo. O investimento inerente já tem financiamento garantido, assegura o presidente da Mystic Cruises USA.

» LER MAIS

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*