Nos últimos cinco anos, a Norbert Dentressangle investiu na renovação das suas 22 plataformas ibéricas. Os resultados estão à vista: um crescimento acima da média do grupo na Europa.

No primeiro semestre, a Norbert Dentressangle alcançou na Península Ibérica um volume de negócios de 125 milhões de euros, 9% mais do que no período homólogo de 2009. As operações de carga paletizada só por si valem cerca de 75 milhões de euros.

Números que justificam o investimento na modernização das plataformas logísticas do gruoo francês localizadas aquém-Pirinéus. Em Portugal, acaba de inaugurar duas.

A plataforma da Grande Lisboa localiza-se em Forte da Casa, com acessos rodoviários pelas A1 e A2. A área total é de 3 400 metros quadrados, sendo 1 500 destinados às actividades de distribuição e cross-docking, outros tantos à armazenagem e os restantes 400 a escritórios. O armazém tem capacidade para mais de 1 600 paletes.

A plataforma do Grande Porto localiza-se em Canelas, Vila Nova de Gaia, na margem Sul do Douro, próximo da A1 e da A29. A plataforma ocupa uma área próxima dos 9 700 metros quadrados, sendo 3 200 cobertos e destinados às actividades logísticas e os restantes reservados ao parqueamento de viaturas.

De acordo com a informação disponibilizada no site da companhia, a Norbert Dentressangle emprega em Portugal cerca de 280 trabalhadores e opera com uma frota de 120 tractores e 150 reboques.

Os comentários estão encerrados.