As autoridades gregas rejeitaram o plano da Autoridade Portuária de Pireu (APP), controlada pela Cosco, para um quarto terminal de contentores.

A  Comissão de Planeamento e Desenvolvimento de Portos da Grécia aprovou a maior parte do plano de expansão do porto do Pireu, excepto o terminal de contentores, alegando que as condições do mercado não são suficientemente maduras no presente.

O masterplan da APP, no valor de 800 milhões de euros,  incluía o desenvolvimento de um novo shopping e hotéis, um novo terminal de navios de cruzeiro, um novo terminal de automóveis e um quarto terminal de contentores para expandir a capacidade do porto de sete milhões para dez milhões de TEU/ano.

O investimento nos projectos aprovados ascenderá a 612 milhões de euros.

“Após um longo período de espera, obtivemos a aprovação para prosseguir com a implementação de investimentos significativos que tornarão o Pireu o porto mais importante do Mediterrâneo e criarão ainda mais postos de trabalho. Esperamos que as autoridades competentes analisem em breve a expansão do terminal de contentores, pois este é um dos principais investimentos que estabelecerá o porto de Pireu como um dos principais terminais de contentores da Europa”, afirmou, em comunicado, o presidente da APP, Yu Zenggang.

A Cosco assumiu o controlo da APP em 2016, após adquirir uma participação de 51% no porto.

 

 

 

Comments are closed.