O novo terminal de contentores de Marselha-Fos, baptizado de Terminal de la Méditerranée, deverá começar a operar em Março com cinco pórticos de cais. Os dois primeiros acabam de ser entregues à parceria CMA CGM-DP World.

Os novos pórticos são do tipo super post-panamax, com uma capacidade de 100 toneladas e um alcance de 22 filas de contentores sobre o navio. Ou seja, capazes de operar os maiores navios porta-contentores da actualidade.

Na primeira fase, o terminal da Portsynergie disporá de uma frente de cais de 840 metros, com fundos de 14-16 metros, podendo receber navios de mais de 13 mil TEU. O terminal tem uma área total de 50 hectares.

O novo terminal é uma iniciativa conjunta da CMA CGM – o maior cliente do porto de Mareselha-Fos – e da DP World. O contrato de concessão, que inclui a construção, foi assinado em 2006 e tem uma validade de 35 anos.

Com o novo terminal – onde a CMA CGM espera movimentar mais uns dois milhões de TEU – o porto de Marselha duplicará a sua capacidade actual, esperando com isso manter a sua posição competitiva como hub mediterrânico.

Os comentários estão encerrados.