O grupo Orey Antunes anunciou a venda dos 50% que ainda detinha na Agemasa, operadora portuária com um terminal de carga geral concessionado no porto de Bilbau.

Do lado comprador estava a Marmedsa, que já desde 2008 detinha os restantes 50% da empresa de estiva.

A venda terá ainda de ser validada pela autoridade portuária de Billbau e demais entidades competentes. O negócio gera um encaixe bruto de 4,15 milhões de euros para o grupo português e uma mais-valia marginal.

No ano passado a Agemasa realizou um volume de vendas de 9,3 milhões de euros, mais 71% que em 2009, tendo movimentado 634 mil toneladas (mais 84%). Uma melhoria que se explica também pela forte quebra verificada no ano anterior, e que tornou a empresa apetecível.

Há uns anos, a compra da Agemasa foi apresentada pelo grupo Orey como o primeiro passo de uma estratégia que visava a presença nos principais portos espanhóis. Agora, Duarte d’ Orey afirmou, em comunicado, que “esta venda permite criar liquidez para passar de uma operação regional em Espanha, com actividades no porto de Bilbau, para uma possível operação nacional”.

Comments are closed.