O governo do País Basco decidiu reforçar o orçamento disponível para a concessão de incentivos à utilização do transporte combinado rodo-marítimo de mercadorias.

A verba inicialmente prevista era de 150 mil euros e agora subiu para os 210 mil euros, de acordo com o anúncio publicado no jornal oficial daquela província autónoma.

O ecobono instituído pelo governo autonómico do País Basco destina-se a apoiar os transportadores rodoviários de mercadorias locais na utilização de serviços ro-ro existentes nos portos da região, entenda-se Bilbau.

Os incentivos assumem a forma de um desconto no frete marítimo, que pode chegar aos 30% dependendo do número de viagens realizadas.

O prazo para a apresentação das candidaturas terminou em Outubro e entretanto verificou-se que os 150 mil euros previstos não seriam suficientes para pagar todos os incentivos. Daí o reforço em mais 60 mil euros. Ainda assim, os 210 mil euros agora considerados ficam longe do meio milhão previsto em 2008, quando o ecobono basco foi lançado.

Comments are closed.