A Câmara de Paris vota, na próxima segunda-feira, a criação de um fundo para apoiar a compra de veículos comerciais eléctricos ou a gás natural veicular.

O objectivo é favorecer a substituição de veículos com motor a combustão. Poderão candidatar-se empresas com menos de dez trabalhadores, de Paris ou dos arredores (da chamada pequena coroa: apartados 92, 92 e 94) que operem na “cidade Luz”.

O apoio público será de 15% do preço do veículo antes de impostos (excluindo opções e eventuais bónus do Estado) com os seguintes limites: 3 000 euros para viaturas com um peso total permitido de até 2,5 toneladas, 6 000 euros para viaturas com um peso total permitido acima de 2,5 toneladas e 9 000 euros para os veículos pesados.

As empresas que recorram a este apoio terão de manter a nova viatura por um mínimo de três anos, e não comprar durante esse período nenhum veículo a combustão inferior à norma Euro V.

A criação deste mecanismo de financiamento da compra de veículos ecológicos surge como contrapartida à decisão da câmara parisiense de impedir o acesso dos veículos mais poluentes ao centro da cidade.

Comments are closed.