A indústria mundial de cruzeiros deverá transportar 24,2 milhões de passageiros em 2016, mais 4,3% do que os 23,2 milhões do ano passado, de acordo com as previsões da Associação Internacional de Linhas de Cruzeiro (CLIA, na sigla em inglês).

Leixões - Cruzeiros

Os responsáveis da associação acreditam que os cruzeiros, que representam apenas 2% do mercado mundial de viagens de lazer, “têm um grande potencial de crescimento no longo prazo”.

Os 23,2 milhões de passageiros transportados em 2015 representaram, de acordo com a associação, um volume superior em 4% ao do exercício anterior. Por regiões, os maiores crescimentos de passageiros no ano passado aconteceram na Ásia e na Austrália, com subidas de 24% e 14%, respectivamente.

Desde 2004, o sector cresceu 77% em número de passageiros. A previsão agora avançada para o corrente ano supera em 200 mil passageiros a anterior projecção, de Fevereiro passado.

A presidente da CLIA afirmou, citada pela assessoria de imprensa, que os dados do mercado mundial de cruzeiros no ano passado são o “resultado do incrível trabalho e compromisso” do sector. Cindy D’Aoust sublinhou, além disso, que a indústria mundial de cruzeiros conta “com os maiores índices de satisfação entre os sectores de viagens de lazer”.

 

 

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.