A ministra do Mar anunciou hoje o fim das greves no porto da Lisboa, fruto de um “acordo de paz social” entre o sindicato dos estivadores e os operadores portuários.

Ana Paula Vitorino

“A greve dos estivadores termina hoje”, disse Ana Paula Vitorino em conferência de imprensa. Todos os pré-avisos [de greve] serão retirados, reforçou.

O acordo hoje anunciado “estabelece as bases para a negociação de um novo Contrato Colectivo de Trabalho (CCT), que deve estar concluído o mais tardar até ao final do mês de Fevereiro”, refere o comunicado emitido a propósito.

Igualmente  “ficaram garantidos os pagamentos dos créditos salariais dos trabalhadores e a normalização das condições de funcionamento do Porto de Lisboa”, acrescenta.

O “acordo de paz social” entre operadores portuários e estivadores foi alcançado numa semana, depois de, a 30 de Dezembro, a ministra do Mar ter reunido separadamente com as duas partes e acordado o regresso às negociações sob coordenação da Administração do Porto de Lisboa.

Dias antes, Ana Paula Vitorino criticara o Governo PSD-PP e a APL pela forma como deixaram arrastar o processo ao longo de três anos. “Não é normal que a administração do Porto de Lisboa e o Governo se demitam de tentar promover a paz social”, disse a governante perante os deputados da Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas.

Hoje, a ministra mostrou-se confiante num acordo entre operadores e estivadores sobre um novo CCT mas afastou uma eventual alteração à lei do trabalho portuário, aprovada em 2013.

 

 

Comments are closed.