A Peel Ports lançou a Fase 2 do programa de expansão em curso de Liverpool2, considerado um dos terminais mais modernos do mundo, para estar concluída em 2019.

Peel Ports - Liverpool

“Este é um passo [a Fase 2] importante no desenvolvimento do Liverpool2 e reflecte a nossa confiança e o nosso compromisso de longo prazo para posicionar o Norte da Inglaterra como uma rota competitiva para os mercados internacionais e um importante porto para o comércio global”, indica, em comunicado, o CEO da Peel Ports, Mark Whitworth.

“O desenvolvimento do programa-projecto está em andamento. Actualmente, estamos a preparar os projectos e procuraremos estar em posição de indicar os parceiros de construção na Primavera do ano que vem, com vista ao início da construção pouco depois. Antecipamos uma data de conclusão para a Fase 2 em 2019”, acrescentou Whitworth.

Esta última fase de expansão de Liverpool2 incluirá a instalação de três guindastes ship-to-shore (STS) adicionais e dez pórticos de parque sobre trilhos (CRMG). Estes juntar-se-ão aos cinco guindastes STS anteriores e 12 guindastes CRMG instalados na Fase 1, que está em operação desde Novembro de 2016.

O Liverpool2 terá capacidade para assegurar, simultaneamente, a operação de dois navios de 380 metros de comprimento. No parque haverá também tomadas adicionais para contentores refrigerados.

O Liverpool2 representa um investimento de 400 milhões de libras (457 milhões de euros). A estrutura é, segundo a Peel Ports, um gateway oceânico de última geração para o comércio internacional com origem e destino no Reino Unido.

Comments are closed.