José Pires da Fonseca foi o mais votado pelos internautas na escolha do “Talento da Mobilidade”, uma iniciativa da UITP, que culminou no Salão Europeu de Mobilidade – Transports Publics 2012.

Pires da Fonseca era um dos nomeados aos prémios, na categoria de “Melhor Gestor”. Não venceu aí, na opinião do júri, mas bateu toda a concorrência no conjunto das cinco categorias, ao receber mais votos de quantos visitaram o site do salão europeu.

A candidatura do agora responsável pelas actividades ferroviárias da Veolia Transdev na Península Ibérica assentou em todo o seu percurso profissional na ferrovia, primeiro na CP e depois no lançamento da Takargo, o primeiro (e ainda único) operador ferroviário de transporte de mercadorias privado português.

Na votação online, Pires da Fonseca superou figuras de renome no sector, a começar pelo ex-secretário geral da UITP, Hans Rat, e também outros quadros do grupo Veolia Transdev.

O título de “Melhor Gestor” foi atribuído pelo júri (constituído por jornalistas especializados europeus) a Jean-Luc de Wilde d’Estmael, responsável pelo planeamento estratégico de projectos europeus na SITB (Bélgica).

Paola Arellano, gestora de projecto na Systra (França) foi a escolhida como “Melhor Jovem Talento”. Alex Hornby, director de vendas da Trent Barton (Reino Unido), venceu como “Melhor Gestor de Projecto”. O prémio “Carreira” foi atribuído a Derek Lott, director executivo da Bounemouth Transport (Reino Unido) e com um percurso de mais de 40 anos no sector.

Comments are closed.