A P&O Ferries anunciou que, ainda esta semana, aumentará a capacidade na rota Zeebrugge-Teesport, com a entrada ao serviço do ferry Estraden.

Este navio tem quase o dobro da capacidade da embarcação que irá substituir na rota, o Mistral. Com esta troca, a capacidade da P&O Ferries no gateway Zeebrugge-Teesport para a Escócia aumentará quase 25%, de acordo com a CEO da companhia, Janette Bell.

O Estraden, que estava alinhado no Europoort-Teesport, operará na nova rota em conjunto com o Bore Song, de 25 mil toneladas.

Para completar a reconfiguração dos navios nas suas rotas de mercadorias no Mar do Norte, a companhia contratou, em regime de fretamento, uma embarcação à Stena para substituir o Estraden na rota Europoort-Teesport.

A P&O Ferries transporta mais de 100 mil unidades de carga por ano em 12 ligações semanais entre Teesport e o seu hub continental em Zeebrugge.

A companhia realiza 27 mil saídas anuais em oito grandes rotas entre a Grã-Bretanha, França, Irlanda do Norte, República da Irlanda, Holanda e Bélgica. Opera mais de 20 navios que transportam 8,4 milhões de passageiros e 2,3 milhões de unidades de carga anualmente.

 

 

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.