A pontualidade das companhias de transporte marítimo melhorou apenas 0,2% no terceiro trimestre de 2017, o que coloca a percentagem de incumprimento em 74,7%, de acordo com os dados da SeaIntel, divulgados pela iContainers.
Navios_contentores

O transitário online considera que aquela taxa afasta o sector da eficiência.

O arranque das novas mega-alianças, em Abril de 2017, é um dos factores para a lenta recuperação da pontualidade este ano. Outro motivo é o impacto da época de furacões no Atlântico, que obrigou os navios a alterarem as suas rotas e portos de destino, além de um congestionamento na gestão e emissão de contentores, atrasando o processo de carregamento.

A iContainers indica que melhorar a pontualidade das operações aumenta a qualidade dos serviços de transporte para os carregadores, mas, para isso, os operadores têm de adaptar-se às novas tecnologias, com a consequente melhoria da transparência e cumprimento com os tempos de trânsito.

O transitário online explica que a fiabilidade no cumprimento dos horários dos serviços é essencial para as companhias que utilizam os serviços de transporte marítimo, na medida em que os atrasos implicam custos adicionais significativos para os clientes e para os próprios transportadores, algo que acaba por prejudicar a sua competitividade.

 

 

 

Comments are closed.